Classificando alimentos pela vitalidade

Classificando alimentos pela vitalidade

Podemos classificar os alimentos pela vitalidade que eles contêm. Esta é a forma mais direta de perceber o benefício (ou não), que este traz para o organismo. É mais uma bela e fácil maneira de nos fazer pensar sobre o que comemos, e não deixar que pensem por nós. São apenas quatro categorias: BIOGÊNICOS, BIOATIVOS, BIOESTÁTICOS e BIOCÍTICOS. Os BIOGÊNICOS são uma explosão de vitalidade. São tão maravilhosos que não tem como mensurar seu potencial nutricional e de benefícios. São fonte de vida, saúde, regeneração, beleza e prazer.

Devem ser consumidos várias vezes ao dia, 365 dias do ano. São vegetais crus, grãos germinados e brotos. Podem ser utilizados em saladas, sucos liquidificados e recheios de sanduíches naturais. Os BIOATIVOS também são maravilhosos, pois ativam e mantém a vida, repletos de vitaminas, minerais, antioxidantes e fibras probióticas. São as frutas frescas, frutos oleaginosos, ervas e chás frescos, cereais integrais e feijões (leguminosas). O consumo também deve ser diário.

Já os BIOESTÁTICOS sofreram algum tipo de processo que rompe seu ciclo de vitalidade, isto é, o alimento não está mais fornecendo seu potencial energético. Seu consumo diminui lentamente a nossa vida, logo, não deve ser a base da nossa alimentação, e sim um componente secundário. Ainda possuem macronutrientes como proteínas, glicídeos e gorduras, isto é, fornecem energia física e reposição de algumas células. São os alimentos de origem animal, alimentos cozidos por muito tempo, congelados caseiros e os modificados pela indústria. A quarta classificação é a perigosa.

Chamamos de BIOCÍTICOS os alimentos de origem animal ultraprocessados, os refinados (açúcar, sal, farinhas), os hidrogenados (margarinas, gordura hidrogenada industrial…), aditivados e álcool. A quantidade recomendada de consumo é zero. Infelizmente é o tipo de alimento mais ingerido na atualidade, devido ao seu baixo preço e praticidade.

E aí eu te pergunto: como ter saúde comendo assim? Fica a dica: capriche no consumo de BIOGÊNICOS E BIOATIVOS. Seu maravilhoso corpo agradece e se restabelece dos descuidos feitos até agora devido a hábitos alimentares induzidos por belas e enganosas propagandas. Ou você ainda acredita que dentro de uma caixinha tem fruta “fresca”?

Beatriz Pellin Moser CRN2-0701

Nutricionista Clínica e Oncológica
SOGIPA, Rogério Menegassi Cia. de Ginástica, IMAMA.
WhatsApp 99272-3018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *