Wild Wild Country : série sobre a trajetória do guru Osho

Wild Wild Country : série sobre a trajetória do guru Osho

Depois de uma série de tapas na cara da sociedade norte-americana, com os perturbadores “Making a Murderer” e  “The Keepers“, o Netflix lança “Wild Wild Country“, série documental que conta a história do controverso guru Bhagwan Shree Rajneesh (Osho), e a criação da comunidade Rajneeshpuram no estado norte-americano de Oregon, nos anos 80.

A proposta do documentário, que se divide em seis partes com cerca de 1h cada, é narrar a trajetória do guru Osho, seus seguidores e as diferentes reações das populações impactadas pela chegada dos Rajneeshpuram ao deserto de Oregon,  em 1981.

Ficou confuso? Imagine que de repente uma comunidade alternativa com milhares de adeptos ao redor do mundo desembarque em massa no Acre  para fundar uma cidade utópica. Sacou? É mais ou menos esse o pano de fundo em torno do qual “Wild Wild Country” se articula.

Wild Wild Country: por que assistir?

Muito embora a série narre incidentes com mais de 30 anos,  é impossível não traçar um paralelo com a intolerância racial e religiosa que impera nos Estados Unidos  hoje, e, embora por um lado seja triste concluir que a sociedade mudou pouco sob alguns aspectos, é um alento pensar que a existência de documentários como esse têm o efeito de uma semente plantada no sentido de levar as pessoas a  repensarem suas relações com o que está fora de suas zonas de conforto.

Aliás, as entrevistas com os protagonistas dessa história são muito bem conduzidas, e conseguem captar os sentimentos sem caírem para o piegas, valendo ressaltar o humor delicioso de Sheela, secretária do guru Osho e uma das protagonistas da trama.

Prepara a pipoca e solta o play! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *