Agrotóxicos

Agrotóxicos

Temos muito que falar sobre este assunto: AGROTÓXICOS. Sim, isto é problema seu, se moras aqui. Uma minoria se beneficia com a entrada de agrotóxicos no Brasil, e a maioria sofre suas consequências. Somos cobaias em plena pesquisa.

O Brasil permite o uso de substâncias proibidas em outros países, pois estes já tem comprovações suficientes de seus malefícios. Somos muito acomodados e não pensamos e agimos como precisamos, para termos saúde e lucidez. Se somos o que comemos, e comemos veneno a toda hora, é obvio que nosso corpo vai responder com doenças. Muitas destas doenças estão tão comuns, que achamos normal tê-las. Para estas doenças temos alguns medicamentos que nem precisão de receita médica, e vamos depender deles até morrer. Está errado.

Temos que nos alimentar com segurança, com alimentos originais, ricos em vitaminas, minerais e fibras próprios deles, e não adicionados e modificados. As mesmas empresas que produzem agrotóxicos, produzem medicamentos e alimentos modificados. As promessas feitas por estas empresas não são verdadeiras, são ilusórias. Agrotóxicos estão sendo utilizados em quantidades absurdas, envenenando o alimento, a terra, o agricultor, o consumidor e a fauna e flora que rodeiam as lavouras.

Muita gente já se preocupa com isto a anos. Seu trabalho é de formiguinha incansável e lutadora. São pessoas que pensam na saúde do planeta e nas próximas gerações. Desejo que estas pessoas tenham muita saúde e sucesso, e principalmente, que não desistam. São agricultores e seus parceiros, cozinheiros e formadores de opinião, são gente do bem. Do bem por dentro, por fora, na terra, no céu e na água. Pense e mude para melhor. Sua vida merece, seu corpo precisa, sua mente agradece. Os alimentos orgânicos seguem as safras, nascem em terras adubadas com minhocas e amor 😉 Seja uma formiguinha do bem. Alimento é tudo de bom.

Beatriz Pellin Moser CRN2-0701

Nutricionista Clínica e Oncológica
SOGIPA, Rogério Menegassi Cia. de Ginástica, IMAMA.
WhatsApp 99272-3018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *