Seis viagens capaz de transformar a sua maneira de encarar a vida

Seis viagens capaz de transformar a sua maneira de encarar a vida

Todo mundo sabe que eu amo viajar! É sempre é uma experiência, porém, em alguns casos, essa experiência é capaz de fazer você se transformar em uma outra pessoa. Seja pelas pessoas, percurso, fase da sua vida ou qualquer outro motivo, colocar o pé na estrada é sair da bolha que você conhece e se aventurar por “novos mundos”.

O Hypeness, criou essa semana uma lista com muitos roteiros que, justamente, pela força das experiências que proporcionam, podem mudar a sua maneira de ver e viver a vida. Separei as que eu acho incríveis e que tenho vontade de fazer um dia! Toma nota e vamos juntas?

1. Viajar para o Alasca em busca da natureza selvagem

Quem ainda não leu ou assistiu a incrível história de Chris McCandless e seu ônibus mágico, não sabe o que está perdendo! A beleza cênica imponente, as enormes geleiras da Idade do Gelo e a vida selvagem em profusão tornam o Alasca um lugar transformador para qualquer ser humano.

2. Conhecer a sua verdadeira essência no Xingu

Ver de perto o Quarup, a cerimônia mitológica que homenageia os mortos, encenada pelos 5 500 índios de 14 etnias diferentes que vivem no Parque Indígena do Xingu, está certamente entre as experiências mais incríveis que se pode ter na vida!

3. Sonhar alto em Machu Picchu, Peru

No século XV, a cidade construída pela civilização Inca a 2.350 metros de altitude nos Andes peruanos era um lugar sagrado, onde somente a nobreza, os sacerdotes e as mulheres escolhidas podiam entrar. Hoje, a montanha de granito com suas impressionantes construções erguidas com pesados blocos de rocha, atrai mochileiros e viajantes em geral que buscam entrar em contato com as vibrações positivas que emanam do local.

4. Percorrer os Caminhos de Santiago, Espanha

Guiado pelas estrelas, um camponês chamado Pelayo percorreu o interior da Espanha até Compostela, onde encontrou os restos mortais de São Tiago (ou Santiago), um dos apóstolos de Cristo. A lenda ganhou fama e, desde então, peregrinos (ou não) percorrem diversos caminhos do país até a cidade em busca de momentos de paz e reflexão. O percurso mais tradicional parte da França e percorre 800 km até Santiago. Segundo quem já percorreu o trajeto, mais do que uma viagem, trata-se de um projeto de vida.

5. Se isolar na Ilha de Páscoa, Chile

As famosas estátuas Moai com seus rostos com narizes grandes olhando para o mar são icônicas da Ilha de Páscoa, também conhecida como umbigo do mundo (Te Pito o Te Henua). Constituídas por rochas vulcânicas, com 1 a 10 metros de altura e pesando até 80 toneladas, as estátuas espalham-se por todo o perímetro da ilha, que é considerada a porção de terra mais isolada do mundo e localiza-se bem no meio do Oceano Pacífico. Além das moais, a ilha abriga os vulcões Rano Kau e Rano Raraku, e algumas belas praias, como a calma Anakena.

6. Chegar ao fim do mundo e re-começar na Patagônia, Argentina

“Aqui é o fim do mundo” é uma frase que se vê em todo canto ao se visitar a Patagônia. Contudo, bem que pode ser o re-começo de tudo também. De um lado, os imponentes Andes; no meio, o maior deserto das Américas; do outro lado, enfim, o Oceano Atlântico, repleto de pinguins, focas, baleias e orcas. Uma volta ao mundo em um único lugar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *