Dia Internacional da Mulher torna-se feriado em Berlim

Dia Internacional da Mulher torna-se feriado em Berlim

A ideia de criar o Dia da Mulher surgiu no final do século XIX nos Estados Unidos e Europa, no contexto das lutas femininas pelo direito de voto e melhores condições de trabalho. Entretanto, foi somente na década de 1970 que as Nações Unidas passaram a adotar o dia 8 de março como o Dia Internacional da Mulher, sem defini-lo como feriado. Porém, a partir deste ano, a cidade de Berlim acrescentou a data na sua lista de feriados.

O projeto de lei foi apresentado por uma coalizão de partidos social-democratas, verdes e de esquerda e, aprovado pela câmara municipal. Os parlamentares vinham discutindo há tempos sobre a criação de mais um feriado na capital e chegaram a propor alguns, como o dia 8 de maio para comemorar o fim da Segunda Guerra Mundial.

Porém, os partidos de esquerda finalmente concordaram que as mulheres merecem este reconhecimento, após anos de luta e definiram o feriado do dia 8 de março. Como esperado, a decisão vem rendendo algumas críticas, encabeçadas pela Câmara de Comércio e Indústria de Berlim, que disseram que a data irá custar mais de 160 milhões de euros para a cidade. A luta continua, minhas caras!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *