Virgínia renasce

Virgínia renasce

 

A cada dia, Virgínia se sentia mais confiante e determinada a vencer. Sua eficiência no trabalho logo fora notada. Era incansável! Ao chegar em casa, ainda tinha disposição para cuidar dos filhos. Sua vida sem novidade definitivamente ficara para trás. Aquela mulher dependente e assustada deu lugar a um ser muito especial. Ficou tanto tempo sem manifestar seus gostos que inicialmente não sabia o que escolher, pois seu marido decidia desde o simples objeto para casa até quais roupas ela deveria vestir. Agora se surpreende ao se ver no espelho de uma loja vestindo um vestido que a deixa elegante. Sorri ao pensar que nunca ele deixaria vesti-lo. Olha a imagem refletida no espelho. Solta um longo suspiro. Era outra pessoa. Seus olhos ficam marejados, precisa se conter para não chorar de emoção. Essa mulher linda, elegante e radiante era ela, só não aparecia antes porque estava sufocada, reprimida.

Em seu trabalho recebeu uma proposta para cursar uma faculdade. Queriam investir nela. Em pouco tempo, assumiu um cargo de chefia. Além disso, conheceu uma pessoa interessante, mas confessa estar tão bem consigo que está resistindo a levar adiante essa relação.

A história de Virgínia serve como uma reflexão. Quantas mulheres ainda hoje se submetem a todo tipo de abandono e violência psicológica. Enfraquecidas por ter uma vida sem sentido, deixam de conhecer a magnitude que a existência nos proporciona. Quantas se queixam da sua rotina. Nada as motiva, tudo se tornou tão parecido. As mesmas palavras ouvidas diariamente contêm um tom áspero, porém não conseguem distinguir a diferença, pois precisam ser ágeis e prestativas. Isso é o que importa. Ao final do dia estão sobrecarregadas, exaustas. E assim o tempo vai passando… Ás vezes, quando acordam para a vida, têm pouco tempo para recuperar tudo aquilo que deixaram para trás.

Quem está lendo essas frases sabe o que estou querendo dizer e talvez queira dividir com a gente um pouco da sua vida. Talvez, dessa forma, ajude tantas outras a mudar de vida como Virgínia, que conseguiu enfrentar seus medos e descobriu que a vida é magnifica e que é possível, sim, ser feliz.

Abraços!!!

Por Rosane Machado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *